Sustentabilidade – Montado em uma Bike em rumo ao desenvolvimento sustentável

Consultoria de sustentabilidade em Gana

Sustentabilidade e inovação em Gana

Bike de bambu é mais que uma curiosidade, é inovação, voluntariado e pura Sustentabilidade.  

O movimento social despertado pela Iniciativa de Sustentabilidade e inovação. As duas podem estar em qualquer lugar, independente da região geográfica, povo, cultura, sociedade, áreas do conhecimento ou mesmo condição social, porque veem da necessidade.

Gana tem o maior PIB per capita na África Ocidental, o país atinge níveis recordes de crescimento do PIB per capita. Como consequência há 30 veículos para cada mil habitantes em Gana, e a autoridade local registra centenas de novos carros a cada dia.

Uma iniciativa social que apostou na ideia inovadora para diminuir o trafego crescente com um projeto de uma bicicleta de bambu, planta nativa muito cultivada para diversos usos a centenas de anos, com a orientação de uma consultoria de sustentabilidade, the Bamboo Bike Project a iniciativa Millennium Cities, desenvolveram o projeto social, aprimorou, o design e criou de cooperativas de trabalho tirando das ruas  jovens locais. A iniciativa dá uma profissão e ainda traz renda a população crescente.

O benefício é social e se estende ao ambiente que está drasticamente afetado pela poluição seja do ar como hídrica e tudo mais que vem com o crescimento desordenado que já presenciamos em nossas vidas.

Quanto ao projeto? o quadro da nova Bike, já comercializada por U$300, dura mais que a estrutura de metal, uma bicicleta de bambu não quebra – é muito durável. Na Alemanha sua vantagens técnicas foram testadas e atestou-se que os quadros de bambu são 10 vezes mais leve que armações de metal, se constatou sua capacidade de suporte de carga pesada. De facto a resistência à tração de bambu – ou seja, a tensão máxima que pode resistir ao ser esticado – é muito mais elevada que a do aço. O bambu é fibroso, e, totalmente anti-shock. Naturalmente, amortece as vibrações, de modo que os quadros não necessitam de aço ou titânio nem molas.

Uma das maiores vantagens técnicas que os quadros de bambu equivalem a fibra de carbono ou ligas de metal, que poluem em toda sua cadeia produtiva.

Os agricultores agradecem, o plantio sustentável de bambu nas comunidades rurais para a colheita de novas culturas de bambu, e preocupação em conservar os já existentes, juntamente com a consciência ambiental delineiam um sonho que poderia ser nosso, aqui no pais, na cidade, na nossa casa.  Quem diria aprendermos tanto sobre tecnologia e sustentabilidade com Gana?

Gana produz 20,000 bicicletas de bambu por ano.

 

 

Foto por Jason Cruz, www.bamboosero.com .

Fonte: Inter Press

Comente

*

captcha *